Home Noticias Ciência portuguesa apoia estudantes sírios
Ciência portuguesa apoia estudantes sírios PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

 Sessão «Reconstruindo após Conflito - o Poder da Educação em Emergência», realiza-se no dia 11 de Março, às 21h, no Auditório da Fundação Champalimaud. Iniciativa também apresenta uma campanha de crowdfunding para ajudar a Plataforma Global de Estudantes Sírios


A equipa do Ar - respire connosco do grupo de Neurociências da Fundação Champalimaud criou uma campanha de crowdfunding [financiamento colectivo] para ajudar a Plataforma Global de Estudantes Sírios a garantir mais bolsas de estudo para que jovens desse país em conflito possam prosseguir o seu percurso escolar em Universidades espalhadas pelo mundo.

A iniciativa conta ainda com evento «Reconstruindo após Conflito - o Poder da Educação em Emergência», que se realiza no dia 11 de Março, às 21h, no Auditório da Fundação Champalimaud. Contará com a presença de Jo Beal, membro da Direcção Executiva do British Council e Diretora das áreas de Educação e Sociedade e Sultan Barakat, Diretor de Investigação no Brookings Doha Center e Membro Sénior do Center for Middle East Policy. Passando da teoria à prática, este evento contará ainda com a participação de quatro estudantes Sírios apoiados pela GP4SS e do Presidente Jorge Sampaio, que irá falar sobre a forma actuação do GP4SS no apoio a estudantes Sírios colocando-os em Universidades espalhadas pelo mundo, permitindo assim a continuação dos seus estudos.



O grupo de Neurociências é uma comunidade de cerca de 250 pessoas de várias nacionalidades, variando desde investigadores, alunos de doutoramento, mestrandos e equipa administrativa e está por isso sensibilizada para o impacto da Educação Superior na recuperação de um país em conflito e na sociedade em geral.

A Plataforma Global de Estudantes Sírios (GP4SS) é uma organização não governamental dedicada à inclusão de estudantes Sírios deslocalizados do seu país em universidades no país de acolhimento, permitindo-lhes continuar ou terminar a educação superior. Assim, a GP4SS procura criar bolsas de estudo para financiar estes alunos.
A Associação Viver a Ciência é também parceira de divulgação da iniciativa.

Mais: Apoiar (crwodfunding)  | Inscrever-se para assistir ao evento (entrada livre)